segunda-feira, 13 de maio de 2013

 
Telas, cores e espaços é uma obra em prosa e verso com abordagens filosóficas, existencialista, espiritualista e aforismos criados por Sandro Henrique Souza. As telas, as cores e os espaços ganham tons de palavras reflexivas por meio da originalidade e profundidade do autor.

O livro encontra-se à venda no site da livraria Cultura:
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/busca/busca.asp?palavra=Sandro+Henrique+Souza&tipo_pesq=0&tipo_pesq_new_value=false&tkn=0

O Sertão, Um Ser e a Solidão

“O sertão, um ser e a solidão é uma belíssima prosa existencialista, repleta de belos aforismos criados por Sandro Henrique Souza. Com passagens reflexivas e profundas, o autor vai percorrendo o sertão e o sentido do ser contido nas paisagens secas e solitárias. É uma leitura onde se deve atentar para a profundidade das frases e o jogo de palavras.”

A primeira edição saiu pela editora CBJE, do Rio de Janeiro.

Estigma de Um Besouro Raro


















” Em Estigma de Um Besouro Raro a originalidade de Sandro Henrique Souza destaca-se por meio da filosofia, sociologia e metafísica. O belíssimo romance tem um conteúdo rico de termos e reflexões. As frases expressam significados fortes. O autor utiliza uma linguagem bela e poética. É uma leitura na qual se deve atentar para cada palavra, frase e pensamento. As frases estão enriquecidas de abordagens filosóficas e sociológicas, e o leitor perceberá a multiplicidade de mensagens e interpretações que elas contêm. O livro fala ainda de liberdade, natureza, existencialismo e o ser social moldado pelas regras do poder dominante.”
           
(Edições esgotadas).



Esta foi a primeira edição de Estigma de Um Besouro Raro, pela editora CBJE, do Rio de Janeiro.


Links e Reportagens:


Resiliência e Superação


“Resiliência é um conceito da física, utilizado primeiramente pela engenharia que se refere a capacidade de um material sofrer tensão e recuperar seu estado normal, quando suspenso o "estado de risco". No campo das relações humanas, é compreendido como um processo que excede a simples superação de experiências, já que permite ao indivíduo sair fortalecido por elas, superar, o que necessariamente promoveria a saúde mental. O termo Resiliência, apesar de guardar uma discussão a respeito de sua definição, vem sendo consensualmente utilizado como a capacidade humana para enfrentar, vencer e ser fortalecido ou transformado por experiências de adversidade. Tem sido utilizado em psicologia como a capacidade humana de enfrentar adversidades sucessivas ou acumuladas, com o mínimo de disfuncionalidade para o desenvolvimento, agindo com equilíbrio no pensar e no agir. É ter a capacidade de se reerguer depois de atingido, de adaptar-se positivamente ao que lhe foi imposto, extraindo experiência das situações difíceis, enriquecendo de maneira única a vivência do indivíduo, e depois, utilizar esse aprendizado para reverter a situação a seu favor.
 

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e o mais Ele fará."

"Bullying" E OS DIREITOS DA PERSONALIDADE E DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA


“Os direitos da personalidade e da dignidade da pessoa humana são invioláveis. São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação. Pessoas que desrespeitam os outros, assediam e cometem “Bullying”, ofendem esses princípios e responderão processo por crime de Dano Moral. O “Bullying” pode ser classificado, conforme as ações praticadas: insultos, xingamentos e apelidos pejorativos; difamação, calúnia, disseminação de rumores; ignorar, isolar e excluir; tentar dominar, manipular, depreciar, chantagear, constranger e infernizar a vida dos outros, como em ambientes de “faculdade” e “trabalho”, por exemplo. Virtual: usar a internet para provocar e debochar. Perseguir, amedrontar, aterrorizar, intimidar, são formas de violência física e psicológica. É um conjunto de atitudes agressivas, intencionais e repetitivas, causando dor, angústia e sofrimento”. A palavra bully, de origem inglesa,significa “mandão”,“valentão”,“tirânico” ou “ameaçar”, “oprimir”, “maltratar”, “assustar”. São práticas utilizadas por pessoas desprovidas de comportamentos éticos, sem noção de justiça, que têm sentimentos de inferioridade e querem descontar nos outros; por indivíduos que não respeitam o próximo, desprovidos de valores, sem Deus.
Uma das mais graves consequencias dessas atitudes de violência, em faculdade, por exemplo, é a propriedade de causar “traumas” ao psiquismo de suas vítimas”



AS LEIS DE DEUS PARA AQUELES QUE PREJUDICAM OS OUTROS

A vida no universo é regida pelas leis de ação e reação, causa e efeito. Se você pratica o bem, o bem retorna para você. Se praticar o mal, o mal retorna para quem o praticou. Prejudicar os outros, insultar, difamar, ter ódio e inveja são sentimentos e maldades que retornam para quem as pratica.

O RESPEITO E A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA
“Respeito: Respeito pelas diferenças, pelos gostos, pelos sentimentos... Respeitar é tratar o outro com atenção, consideração e importância. Tratar as pessoas com respeito e educação é imprescindível na relação humana. Aqueles que desrespeitam os outros ofendem os Direitos da Personalidade e da Dignidade da Pessoa Humana, que estão na Constituição Federal, e que são invioláveis, cometendo assim um crime de Dano Moral. Respeito gera respeito.”

"A arte é uma manifestação da alma."

"Literatura é a imortalidade da fala."

"A literatura é o pensamento dos espíritos que pensam."

"A literatura é o pensamento dos espíritos que pensam."